Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é fundamental.

DIGA NÃO AO FIM DO SAMU ANTES QUE SEJA TARDE DE MAIS. SUA VIDA ESTÁ EM RISCO

Para: EXMO. SR. PREFEITO DA CIDADE DE SÃO PAULO

No último sábado, dia 23/02, foi Publicada no Diário Oficial do Município uma Portaria, que segundo gestores trata-se da Descentralização do SAMU, quando na verdade deveria se chamar desmonte.
O Sr Diretor da COMURGE e o Sr Diretor do SAMU, espalham aos ventos um discurso lindo de SUBSTITUIÇÃO de 53 bases por 75 PONTOS DE APOIO, segundo eles, para que as equipes fiquem melhor distribuídas no município de SP.
Pois bem. Vamos esclarecer os fatos.
As bases que temos hoje, estão em pontos estratégicos da cidade, algumas delas com mais de uma Ambulância para Atendimento à população. Bases estas com acomodações dignas para os servidores, comportando banheiros com chuveiro e vestiário feminino e masculino. Contam com Segurança, serviço de limpeza, copa para refeições, e estacionamento amplo e coberto para a Ambulância que precisa de estacionamento adequado.
Com essa reestruturação, os funcionários estão sendo jogados em locais insalubres. Quem entende o perfil do nosso trabalho sabe o quanto é fundamental termos disponíveis chuveiros, já que muitas vezes nos sujamos com sangue, secreções e até casos de ficarmos cobertos de cacos de vidro após socorrermos vítimas de acidentes de carro.
Mas o mais chocante de tudo isso é o que eles estão chamando de ESPELHAMENTO DE AMBULÂNCIAS. Nome pomposo para encobrir uma grande irregularidade.
O Governo Federal, repassa ao município de São Paulo verba para 122 Ambulâncias trabalharem ininterruptamente todos os dias do ano. Número esse, baseado na necessidade da população, calculado pelo número de habitantes.
Pois bem, a proposta em implantação é alocar 2 Ambulâncias em cada base, utilizando a mesma equipe de profissionais para ambas. Assim, em várias ambulâncias, inclusive ambulâncias de suporte avançado (UTI), uma equipe trabalhará em uma ambulância durante o dia e a mesma equipe trabalhará durante a noite em outra ambulância. A prefeitura receberá repasse integral para 2 Ambulâncias, quando na verdade só estará operando com cada uma delas em metade do tempo.
Portanto, ao invés de ter 122 Ambulâncias que já recebem verba do Governo Federal para assistir à população, teremos 61.
VEJAM!!! 61 AMBULÂNCIAS PARA SÃO PAULO INTEIRA.
O discurso é lindo, mas a verdade é de deslealdade com a população.


Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Popular que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixo-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo no seguinte link Contatar Autor
Assinaram o
abaixo-assinado

306 Assinantes

O seu apoio a esta causa é muito importante. Esta causa pode ser a causa de todos. Assine o Abaixo-Assinado.