Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é fundamental.

GUARANI FUTEBOL CLUBE - INTERVENÇÃO JÁ

Para: EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 15ª TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO.

Os abaixo assinados, brasileiros, sócios, torcedores do Guarani Futebol Clube, devidamente identificados, vêm através da presente, à honrosa presença de Vossa Excelência para exporem e, ao final, requererem o que segue, considerando as seguintes irregularidades:

1- Crescimento das ações trabalhistas fica evidenciado a irresponsabilidade dos últimos administradores tendo em vista ações que envolvem assédio moral, litigância de má fé, revelia e principalmente a reincidência em não obedecer aos preceitos das Leis Trabalhistas.

2- Falta de transparência contábil, os balanços do clube em sua maioria são aprovados com ressalvas graves sendo que nenhuma ação é efetivada para sanear tais falhas.

3- Irresponsabilidade na contratação do elenco para o futebol, com elenco inchado, muitas vezes contratando atletas sem condições físicas ou mesmo técnicas para atuar.

4- Obscuridade nas categorias de base e profissional, nenhum relatório é efetivamente apresentado aos associados apresentando números de atletas em cada uma das categorias e o percentual do passe pertencente ao clube.

5- Contratação de técnicos com multas que não condizem com a realidade tanto do mercado da bola, quanto com as condições financeiras do clube.

6- As ultimas eleições do clube ocorreram sempre fora dos prazos estatutários, envolvendo ações judiciais e colocando o clube em situação temerária.

7- Movimentação atípica de adesão ao quadro associativo do clube sendo que entre janeiro e março de 2019, período que antecede as eleições de 2020, sendo este período o derradeiro para que se tenha direito a voto nestas eleições, foi constatada a adesão em massa de mais de 200 associados, sendo que a maioria se tornou inadimplente logo em seguida, não existe na cidade de Campinas nenhum clube que consiga um numero tão expressivo de adesão em tão curto prazo, levando ainda em consideração a crise financeira e de emprego pela qual passa o nosso país.

8- Uso indevido do serviço dos funcionários do clube pelo presidente para serviços de pintura, limpeza e reparos em seu escritório particular.

9- Denuncia em blog de cobrança de valores para garantir a participação de atletas nas categorias de base.

10- Tendo em vista a arrematação do Estádio Brinco de Ouro da Princesa pela empresa Magnum em 2015, até o momento as premissas envolvendo a negociação NÃO foram cumpridas, mesmo tendo a empresa já averbado a arrematação e todas as matriculas já se encontrarem em nome da empresa pertencente a Magnum.

11- Tentativa de terceirizar a atividade fim da instituição em favor da empresa arrematante.

12- Excesso de gratuidade nos borderôs de prestação de contas dos jogos, número de menores superior aos observados nas arquibancadas do estádio.

13 - Apesar de possuir marca de reconhecido valor histórico, cultural e comercial, por se tratar de um clube de tradição, as opções de geração de receitas se restringiram a parcos patrocínios de empresas ligadas ao processo de tentativa de terceirização.

14- Atualmente o Presidente do Conselho Administrativo, Palmeron Mendes Júnior e concordância com seus pares, apesar de contar com um robusto departamento de futebol, escolhem e contratam jogadores, o que faz acima do orçamento e das condições financeiras do clube.

15- Os atletas negociados para outros clubes sempre o são em valores muito abaixo do mercado e em condições desfavoráveis ao clube, sendo que alguns deles em curte espaço de tempo são revendidos com valorização desproporcional ao período.

16- Nenhum plano de quitação das dividas Fiscais e Cíveis foi executado desde a arrematação do Estádio Brinco de Ouro, mesmo o clube recebendo valores mensais de R$ 350.000,00; valores esses suficientes para a adesão ao Programa Profut.

A Justiça por duas vezes em nosso país determinou a Intervenção em time de futebol, uma delas no Londrina Esporte Clube e a outra no Esporte Clube Bahia, ambas de sucesso, trazendo esses clubes para posições melhores e condições financeiras estabilizadas.

Por derradeiro, os abaixo assinados solicitam de Vossa Excelência que, uma vez verificada as irregularidades relatadas, que promova os atos necessários a promover a intervenção no Guarani Futebol Clube, bem como o afastamento dos atuais membros do Conselho Administrativo.

Pelo resgate do GUARANI FUTEBOL CLUBE, ÚNICO CAMPEÃO BRASILEIRO DO INTERIOR, pela moralização do futebol, INTERVENÇÃO JÁ.


Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Popular que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixo-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo no seguinte link Contatar Autor
Assinaram o
abaixo-assinado

2 Assinantes

O seu apoio a esta causa é muito importante. Esta causa pode ser a causa de todos. Assine o Abaixo-Assinado.