Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é fundamental.

Abaixo assinado contra gratificações, salário esposa, bonificações e aumentos (neste momento) aos funcionários do TCM

Para: Câmara Municipal de São Paulo

À Câmara Municipal de São Paulo

Excelentíssimos Srs. Vereadores
É com preocupação e decepção que recebemos a notícia da aprovação do projeto de lei 278/2015 atualiza monetariamente, além do salário, as funções gratificadas e o salário-família. Foram criados também o auxílio-saúde, por meio de reembolso, e o auxílio-alimentação de R$ 573,45 para custeio de compras em estabelecimentos comerciais. Lembrando que os servidores já possuem auxílio-refeição. Alem da aprovação do reajuste do benefício salário-esposa para os servidores do Tribunal de Contas do Município (TCM). O benefício foi concedido aos servidores homens que são casados ou vivem com mulheres que não trabalham. A lei municipal que concede este privilégio é de 1979. No estado, a lei é de 1968.

Neste momento em que a sociedade clama para o fim de privilégios, este grupo de entidades e sociedade civil vem externar sua indignação a aumento, exigindo a revogação imediata destes privilégios para uma determinada classe..

Sociedade Civil Indignada


Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Popular que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixo-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo no seguinte link Contatar Autor
Assinaram o
abaixo-assinado

24 Assinantes

O seu apoio a esta causa é muito importante. Esta causa pode ser a causa de todos. Assine o Abaixo-Assinado.